Policier & Thriller

  • A Rapariga da Carta

    Emily Gunnis

    Um romance comovente e perturbador, inspirado em impressionantes factos reais.

    Uma carta devastadora.
    Uma rapariga aprisionada.
    Um mistério por resolver.
    No inverno de 1956, a jovem Ivy Jenkins engravida e é enviada em desgraça para St. Margaret, uma sombria casa de acolhimento para mães solteiras, no sul de Inglaterra. A bebé é adotada contra a sua vontade, e Ivy teme nunca sair daquele lugar aterrador. Sessenta anos mais tarde, Samantha Harper, uma jornalista desesperada por um furo, depara-se com uma carta do passado, e o seu conteúdo chocante comove-a. A carta é de Ivy, uma jovem mãe que implora para ser resgatada de St. Margaret... antes que seja tarde demais. Samantha é arrastada para esta história trágica e descobre uma série de mortes repentinas e inexplicáveis em torno daquela rapariga e da sua filha.
    Com o edifício antigo de St. Margaret prestes a ser demolido, Samantha tem apenas algumas horas para desvendar os terríveis segredos que aquele lugar esconde, antes que a verdade, perturbadoramente perto de si, se perca para sempre?
    «Uma história envolvente, sinuosa e devastadora, que instiga à reflexão.» - Sophie Kinsella, autora bestseller
    «Um livro maravilhoso, com um ritmo intenso e um enredo incrível: tudo caraterísticas de um bestseller.» - Lesley Pearse

  • Laranja de Sangue

    Harriet Tyce


    Fenómeno Bestseller! O thriller mais chocante do ano.

    «Harriet Tyce é a nova Paula Hawkins.» - Cosmopolitan
    «Uma leitura incrivelmente viciante, com um final gratificante. Cinco estrelas.» - Heat

    «SÓ MAIS UMA NOITE. DEPOIS ACABO COM ISTO.»

    A vida de Alison parece perfeita. Tem um marido dedicado, uma filha adorável, uma carreira em ascensão como advogada e acaba de lhe ser atribuído o primeiro caso de homicídio. Só que Alison bebe. Demasiado. E tem vindo a negligenciar a família. Além de que esconde um caso amoroso quase obsessivo com um colega que gosta de ultrapassar os limites.

    «EU FI-LO. MATEI-O. DEVIA ESTAR PRESA.»

    A cliente de Alison não nega ter esfaqueado o marido e quer declarar-se culpada. No entanto, há algo na sua história que não parece fazer sentido. Salvar esta mulher pode ser o primeiro passo para Alison se salvar a si própria.

    «ESTOU DE OLHO EM TI. SEI O QUE ANDAS A FAZER.»

    Mas alguém conhece os segredos de Alison. Alguém quer fazê-la pagar pelo que fez. E não irá parar até ela perder tudo o que tem.
    Um thriller envolvente, com um final absolutamente inesperado e chocante, protagonizado por uma personagem muito empática.
    «Uma história viciante que conduz a um final perturbador e gratificante. Os leitores vão esperar ansiosamente pelo próximo livro de Harriet Tyce.» - Publishers Weekly


  • Prémio CWA Gold Dagger


    O Melhor Policial do Ano


    O Livro-sensação do Ano

    Haverá algo pior do que ser queimado vivo?
    Um assassino em série anda à solta. Ele raptou, mutilou e queimou homens nos círculos de pedra pré-históricos do condado de Cúmbria. Não deixou pistas, e a polícia está desorientada. Quando o nome do inspetor Washington Poe é encontrado gravado nos restos carbonizados da terceira vítima, ele é chamado a participar na investigação.
    Poe não se quer envolver, mas o cruel assassino tem um plano e, por alguma razão, o inspetor faz parte dele. Acaba, então, por formar equipa com a brilhante, mas socialmente desajustada, analista de dados Tilly Bradshaw, e juntos irão identificar pistas que só Poe consegue seguir.
    À medida que o número de corpos carbonizados aumenta, Poe percebe que há muito mais em jogo do que poderia imaginar. E, num final chocante que destrói tudo aquilo em que acreditava sobre si mesmo, o inspetor descobre que há coisas ainda piores do que ser queimado vivo...

    «Um brutal e empolgante policial que se lê de um só fôlego.» - The Sun

  • Os Olhos da Escuridão

    Dean Koontz

    Uma busca por um filho desaparecido.


    Um mistério tóxico que ameaça o mundo.

    Um thriller incrível escrito por um autor visionário.
    Há um ano, Christina Evans perdeu o filho, Danny, num trágico acidente nas montanhas geladas do Estado do Nevada. Desde então ela tenta, com dificuldade, reconstruir a sua vida. A sua carreira como encenadora musical começa a vingar e ela acaba de conhecer Elliot Stryker, um advogado com quem rapidamente estabelece uma relação próxima. Mas eis que um dia uma frase surge no quadro de giz do quarto do filho:
    NÃO MORRI
    Será uma piada de mau gosto? Ou a prova de que o seu inconsciente vive atormentado? Quando surgem novas mensagens, Christina começa a acreditar que o filho está, afinal, vivo. Enquanto procura por respostas, a vida de Christina começa a ser alvo de ameaças. Ao tentar escapar, ela descobre que o acontecimento brutal que alegadamente teria vitimado o filho está relacionado com um projeto altamente secreto chamado «Pandora».
    Mesmo correndo perigo, Christina irá até ao fim para voltar a encontrar Danny, ainda que isso implique revelar uma verdade tão grave e poderosa que irá pôr em causa o mundo como o conhecemos.
    «Dean Koontz é um malabarista literário e um mestre dos nossos sonhos mais sombrios.» - The Times
    «Neste livro, o autor Dean Koontz relata como um vírus ficcional, o Wuhan-400, se propaga pelo mundo inteiro com uma taxa de mortalidade de 100%.» - Observador

  • «Uma estreia imperdível!» - Daily Express


    Ela cometeu um erro terrível.

    E há alguém que não a deixará esquecê-lo.

    Naomi parece ter tudo. Uma filha linda, uma casa incrível, uma vida perfeita. Nos bastidores, porém, ela e o marido estão a afastar-se um do outro e a ter dificuldades em conceber o segundo filho. É então que Naomi conhece Sean, o pai de um menino que anda na creche da filha. Ele percebe-a. Ou assim pensa Naomi. Ansiando por uma ligação com alguém, ela junta-se a ele numa aula de natação para crianças pequenas. Só que, nesse dia, Naomi comete um erro terrível.
    Semanas mais tarde, quando Naomi pretende entrar em contacto com Sean, descobre que ele desapareceu sem deixar rasto. Mas à medida que tenta reconstruir a sua vida, ela percebe que alguém sabe aquilo que ela fez. E que esse alguém quer garantir que ela não esqueça o que aconteceu naquele dia na piscina.
    «Inteligente, perspicaz e contado sob diferentes pontos de vista, este livro explora a obsessão, a discórdia conjugal e o desespero. Um thriller psicológico de enormíssima qualidade com uma arrepiante reviravolta final.» - Literary Review

  • O êxito de vendas mais rápido de sempre. O livro que vai mudar para sempre o modo como vemos a vida dos outros. #1 de vendas absoluto em Portugal durante 13 semanas consecutivas, desde o dia do seu lançamento, e mais de 6,5 milhões de livros vendidos em todo o mundo (até agosto-2015). Todos os dias, Rachel apanha o comboio.No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.Cuidado com o que vê pela janela.Até que um dia, Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos.De leitura compulsiva, este é o thriller do momento, absorvente, perturbador e arrepiante.«Um livro assim, capaz de viciar, escrito em crescendo e carregadinho de surpresas e desmentidos, só acontece raramente.» - Diário de Notícias «É um page turner que mexe com fantasmas coletivos.» - Visão «Paula Hawkins absorve várias influências. Dos policiais escritos por mulheres a Cormac McCarthy, há um nome que vem da adolescência: Agatha Christie.» - jornal i «Um thriller arrepiante. Até os leitores mais perspicazes ficarão chocados, à medida que os factos vão sendo revelados.» - Kirkus Reviews «Que personagens, que história, que livro! É Alfred Hitchcock para a nova geração!» - Terry Hayes, autor de Peregrino «Um thriller fantástico. Manteve-me acordado grande parte da noite.» - Stephen King «O mais envolvente romance com um narrador inconfiável desde Em Parte Incerta. Este livro vai deixar os seus leitores arrepiados.» - New York Times

  • Uma Hora de Vida

    M. J. Arlidge

    O que faria se recebesse uma chamada a dizer:


    «Tens uma hora de vida»?

    Estas são as únicas palavras recebidas num ameaçador telefonema. A seguir, desligam. Certamente que só pode ser uma brincadeira... Um engano? Um número errado? Qualquer coisa menos a verdade arrepiante... Que alguém está a observar, à espera, a trabalhar para roubar uma vida no espaço de uma hora. Mas porquê?
    A tarefa de o descobrir recai sobre a inspetora Helen Grace: uma mulher com um histórico de caça a assassinos. No entanto, este é um caso em que o homicida parece estar sempre um passo à frente da polícia e das vítimas. Sem motivo, sem pistas e sem dicas - nada além de puro medo -, uma hora pode parecer durar uma vida inteira...
    «M. J. Arlidge tece enredos que arrepiam os leitores até aos ossos.» - Daily Mail

  • O Homem dos Sussurros

    Alex North


    «AO LONGO DOS ANOS, DISSE-TE INÚMERAS VEZES QUE NÃO DEVERIAS TER MEDO DE NADA. QUE OS MONSTROS NÃO EXISTIAM. DESCULPA TER-TE MENTIDO.»

    Após a morte da mulher, Tom Kennedy muda-se com o seu filho, Jake, de 7 anos, para uma pacata povoação chamada Featherbank em busca de um recomeço de vida. Mas Featherbank tem um passado sombrio.
    Há 20 anos, Frank Carter, um perverso assassino em série, raptou e assassinou cinco rapazes. Ficou conhecido como «o Homem dos Sussurros», pois atraía as suas vítimas à noite sussurrando-lhes da janela. Logo após o seu quinto homicídio, Frank acabou por ser detido.
    Estando o assassino atrás de grades, Tom e Jake não deveriam ter motivos de preocupação. Só que agora um novo rapaz desapareceu, e as semelhanças entre este acontecimento e os crimes de há 20 anos são desconcertantes. É então que Jake começa a comportar-se de modo estranho...
    Diz escutar sussurros vindos do lado de fora da janela do seu quarto...

    «O MELHOR THRILLER DA DÉCADA» - Steve Cavanagh, autor bestseller

  • Melhor Romance de Estreia - Library Journal


    «Tenso e incrível. Para fãs de A Paciente Silenciosa, de Alex Michaelides.» - Publishers Weekly


    Os nossos receios mais profundos e as nossas recordações mais dolorosas são o que o alimenta.

    Numa série de publicações online, Parker H., um jovem e ambicioso psiquiatra, relata o seu terrível trabalho num hospital psiquiátrico e o seu esforço para curar um paciente desconcertante e muito perigoso: um homem de 40 anos que está internado desde os 6. Trata-se do caso mais difícil da instituição, pois o paciente não tem diagnóstico conhecido, e os seus sintomas parecem evoluir com o tempo. Cada pessoa que tentou tratá-lo foi levada à loucura ou ao suicídio.
    Desesperados e temerosos, os diretores do hospital mantêm-no rigidamente confinado e permitem apenas o contacto indispensável com a equipa para a segurança de todos, convencidos de que libertá-lo representaria uma séria ameaça para a sociedade.
    Parker assume a responsabilidade de descobrir o que aflige esse paciente misterioso, com o objetivo de o curar. Mas as coisas fogem ao seu controlo desde o primeiro encontro. E, diante de uma possibilidade inimaginável, Parker é forçado a questionar tudo aquilo em que julgava acreditar.
    «Um thriller psicológico inteligente que integra elementos de terror sobrenatural, com um enredo e uma narrativa envolventes. Cru e arrepiante...» - Kirkus Reviews

empty